ITAL: Estudo sobre tendências e tecnologias de produtos lácteos

ITAL: Estudo sobre tendências e tecnologias de produtos lácteos

ITAL lança estudo sobre tendências do setor laticínios

 

O Instituto de Tecnologia de Alimentos (ITAL), da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, divulgou recentemente um amplo estudo, o  Brasil Dairy Trends 2020, com informações sobre produtos lácteos com probióticos, prebióticos e fibras; de baixo teor de gordura, sódio e açúcar; baixo teor de lactose; alto teor de proteína e cálcio; e peptídeos bioativos.

O objetivo do ITAL é disseminar informações estratégicas, de forma pública e gratuita, gerando benefícios a milhares de empresas, auxiliando no processo de inovação e fornecer para a sociedade brasileira produtos alimentícios de qualidade, agregando valores que permitem o consumidor criar uma relação estreita de identidade e confiança no setor.

Também constam no documento temas como um levantamento histórico da produção de lácteos no Brasil e desenvolvimento de embalagens diferenciadas. O princípio que norteou a organização das tendências e das plataformas de inovação foi a identificação das macrotendências observadas nas avaliações dos setores técnico e mercadológico da área de laticínios no Brasil e no mundo.

O estudo foi preparado por três autores: Raul Amaral Rego, Patrícia Blumer Zacarchenco e Ariene G. F. Van Dender, em conjunto com outros 15 pesquisadores do Instituto e de outras entidades como Unicamp (Universidade Estadual de Campinas); USP (Universidade de São Paulo); IFRJ (Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro); IFPR (Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Paraná); UFJF (Universidade Federal de Juiz de Fora); Universidade Federal de Viçosa e Embrapa Gado de Leite (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária).

O Brasil Dairy Trends 2020 faz parte da Série Brasil Trends 2020 – com estudos já publicados com os temas: embalagem, ingredientes, panificação e confeitaria, e bebidas não alcoólicas.

“Este é um trabalho que nos orgulha muito, resultado do monitoramento das tendências e inovações no setor de alimentos, bebidas e embalagem. É uma oportunidade para conhecimento e geração de negócios”, declara Luis Madi, Diretor Geral do ITAL.

O estudo  no formato eletrônico e está disponível no site do ITAL: www.ital.sp.gov.br. 

Sobre o ITAL

O Instituto de Tecnologia de Alimentos (ITAL), da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, tem como um dos objetivos promover a segurança dos alimentos para o consumidor final, por meio de tecnologia, ciência e qualidade de alimentos e embalagens. Fundado em 1963, possui sete centros especializados em produtos cárneos, cereais, chocolates, balas, confeitos, produtos de panificação, laticínios, frutas, hortaliças, engenharia de processos industriais, tecnologia de pós-colheita e embalagens. Conta com laboratórios de análises químicas, físicas, sensoriais e microbiológicas; e setores especializados em embalagens de materiais metálicos, vidro, plástico, celulósicos e de transporte e distribuição. É certificado na norma NBR ISO 9001 e possui ensaios acreditados na norma ISO/IEC 17025 pela CGCRE/INMETRO. O ITAL oferece serviços de pesquisa e desenvolvimento, consultoria, capacitação e análise. Mais informações no website: http://www.ital.sp.gov.br

……………………………………………………………

Fonte: Comunicação ITAL – //www.ital.sp.gov.br

Sobre o Autor

revistaalimentare

A Revista ALIMENTARE – Com o foco na Gestão da Qualidade e Segurança dos Alimentos e Bebidas (GQSAB) - é direcionada para profissionais, especialistas, pesquisadores e dirigentes da Cadeia Produtiva de Alimentos e Bebidas: Indústria de Alimentos & Bebidas, Food Service e Varejo de Alimentos. Tem como missão levar aos leitores as informações mais atualizadas e confiáveis, que possam contribuir para o melhor desempenho e competitividade dessas atividades.

Comentários

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*