III Workshop brasileiro FLV IV Gama

III Workshop brasileiro FLV IV Gama

 

Inovação e tecnologia para o

Segmento FLV IV Gama 

 

f4 plateia

A VegQuality organizou, durante a NaturalTech 2017,  o III Workshop Brasileiro FLV IV Gama, como o tema central “Inovações e Tecnologias no processamento de FLV IV Gama”, com o foco em equipamentos, sanitização e embalagens. O evento aconteceu durante a 13ª. NaturalTech – Feira de Alimentação Saudável, Suplementos, Produtos Naturais e Saúde e 13ª. BioBrasil Fair – Feira Internacional de Produtos Orgânicos e Agroecologia, numa organização da Francal Feiras, no Pavilhão da Bienal, em São Paulo, no mês de junho.

f3 roseane

Roseane Bob, diretora da VegQuality.

Roseane Bob, diretora da VegQuality, ressaltou que tema escolhido do evento é muito pertinente à evolução do segmento, que tem crescido entre 15 e 20 % por ano. Porém, ainda encontra dificuldades tecnológicas no tocante à produtividade no processamento, sanitização e embalagens.

Ela observa que no Brasil o segmento de mercado de FLV IV Gama (frutas, legumes e verduras, minimamente processados e prontos para o consumo) ainda é muito recente, ao contrário do ocorre em diversos países, como França, Alemanha, Itália, Inglaterra, Estados Unidos, Austrália, entre outros.

Defasado em termos de tecnologia, o segmento enfrenta uma série de problemas, a começar no processamento e na segurança do alimento. Boa parte das empresas não utiliza tecnologias apropriadas, tanto em termos de equipamentos de processamento, de higienização eficiente e embalagens adequadas. Há ainda a destacar que não conta com uma legislação específica.  “Isso leva a muitas quebras no processamento, com elevado desperdício de produtos também devido problemas na cadeia de frio, na embalagem e na conservação dos produtos no ponto de venda”. (veja vídeo com sua entrevista abaixo)

 

Por essa razão, o tema central do workshop abordou novas tecnologias – em equipamentos de processamento, produtos para higienização e embalagens adequadas -, de forma a trazer novas informações para o segmento, contribuindo para melhorar o desempenho do processamento, garantir a qualidade e segurança desses alimentos, o que resultará maior rentabilidade para as empresas”, destaca Roseane.

paulo

Paulo Schincariol, diretor da NHS.

Na programação do evento, a VegQuality trouxe suas empresas-parceiras para falar sobre “suas tecnologias, como a NHS Máquinas e Serviços, com palestra de seu diretor Paulo Romano Schincariol, que destacou a importância de na hora da escolha dos equipamentos o empresário tenha um planejamento rigoroso de seu negócio, como mercado, volume de produção FLV IV Gama, adequação dos equipamentos e inclusive financiamentos. Assim, evitará uma série de transtornos e até mesmo prejuízos  (veja a vídeo-entrevista abaixo).

 

 

 

 

 

Samy Menasce, da Brasil Ozônio.

Samy Menasce, da Brasil Ozônio.

A Brasil Ozônio, parceira da VegQuality, marcou presença com a palestra de Samy Menasce, diretor da Basil Ozônio, que abordou a tecnologia de ozônio para higienização de FLV, sobretudo por ser “altamente eficaz como sanitizante, sem nenhum risco de toxicidade para o homem, além de ser ecologicamente limpo”.

Segundo ressaltou, Menasce, a Brasil Ozônio pesquisa, desenvolve, projeta, fabrica, instala e oferece manutenção de soluções de alto desempenho para tratamento, sanitização, esterilização e oxidação a partir do ozônio. A tecnologia Brasil Ozônio, 100% limpa, é altamente versátil, com aplicação em vários campos, inclusive para a sanitização de FLV IV Gama. A empresa foi fundada há mais de dez anos e já instalou mais de  3.000 de sistemas de ozônio no Brasil, Argentina e Peru.

ivo Tunchel.Também Ivo Tunchel, gerente regional América Latina da Johnson Matthey/StePac, foi convidado para falar sobre tecnologia de embalagem com atmosfera modificada para FLV IV Gama. Segundo ele, com matéria prima de qualidade e processamento adequado, o passo seguinte são as embalagens que irão garantir que esses produtos de qualidade tenham um shelf life bem maior (veja a vídeo-entrevista abaixo).

 

 

A palestra de Roseane Bob destacou o produto VegOxy, um antioxidante à base de Vitamina C, que amplia o prazo de validade dos FLV IV Gama, mantendo suas qualidade preservadas.

 

Dr. Eneo Alves da Silva Jr., diretor do CDL.

Dr. Eneo Alvesa Silva Jr., diretor do CDL.

Pelo lado dos aspectos sanitários e contaminação de FLV IV Gama, levaram suas contribuições ao tema, o professor José Cezar Panetta, editor da revista Higiene Alimentar, e Eneo Alves da Silva Jr., diretor do CDL – Central de Diagnósticos Laboratoriais – Análises Microbiológicas de Alimentos.

Segundo questionário preenchido pelos participantes das palestras, os temas abordados trouxeram valiosas contribuições sobre essas tecnologias que estão acessíveis em nosso mercado. “Para nós, que organizamos o evento, isso nos trouxe grande satisfação por constatar que esses conhecimentos e informações vão ajudar o segmento FLV IV Gama a se modernizar, ganhar em eficiência, redução de custos, melhorar sua margem de rentabilidade e, sobretudo, oferecer ao consumidor final e ao food service produtos seguros e de alta qualidade”, enfatiza Roseane.

Categories: Destaques, Reportagens

Sobre o Autor

revistaalimentare

A Revista ALIMENTARE – Com o foco na Gestão da Qualidade e Segurança dos Alimentos e Bebidas (GQSAB) - é direcionada para profissionais, especialistas, pesquisadores e dirigentes da Cadeia Produtiva de Alimentos e Bebidas: Indústria de Alimentos & Bebidas, Food Service e Varejo de Alimentos. Tem como missão levar aos leitores as informações mais atualizadas e confiáveis, que possam contribuir para o melhor desempenho e competitividade dessas atividades.

Comentários

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*