CURSO PARA FORMAÇÃO EM INOVAÇÃO DE

ALIMENTOS ACONTECE EM JUNDIAÍ

 

cristina jundiai

[blockquote style=”4″]SAIBA MAIS SOBRE SRA. INOVADEIRA[/blockquote]

O Brasil está entre as 10 maiores economias do mundo, porém possui um modelo de negócios fortemente pautado na venda de commodities: é o que indica o Ranking Global de Inovação, que coloca o país na 70ª posição entre as 140 economias pesquisadas. O Brasil fica atrás de países como Seychelles e Mongólia, por exemplo.

Dentre os principais segmentos do país, ganha destaque o setor de alimentação, responsável por uma fatia gigantesca do mercado interno e externo: porém, um dos menos dinâmicos no mundo. Pesquisa divulgada pelo BNDES aponta que, dos lançamentos realizados pela indústria de alimentos, apenas 0,5% são novos para o mundo – valor muito baixo para um país que tem a possibilidade de ser a nação que nutre o mundo.

Um dos principais fatores para estes resultados é a falta de formação específica para Pesquisa e Desenvolvimento entre os profissionais que atuam neste segmento. Poucas Universidades brasileiras incluem em sua grade a disciplina de Pesquisa e Desenvolvimento nos cursos da área de alimentos. Desta forma, o profissional que entra neste setor “aprende fazendo”: muitas vezes, repetindo práticas antiquadas e não sintonizadas com o tema Inovação no restante do mundo.

Além disso, contribuem uma visão de curto prazo e um foco demasiado na redução de custo. Passividade e reatividade nos lançamentos de produtos também são fatores importantes nas causas deste resultado.

Entre as iniciativas atuais para reverter este quadro, destaca-se na área de alimentos o portal web Sra Inovadeira, criado pela engenheira de alimentos Cristina Leonhardt para estimular a inovação na indústria e serviços de alimentos.

“Após trabalhar 15 em Pesquisa e Desenvolvimento de alimentos, e tendo conhecido as áreas de P&D de muitas empresas brasileiras, tive um insight. Percebi que a chave para a inovação não estava no montante de dinheiro destinado à área de P&D – apesar de que recursos financeiros são importantes. Mais importante dos que estes recursos, contudo, é a sua gestão: a aplicação adequada dos recursos e a adoção de ferramentas modernas de Gestão da Inovação são de fato as características mais relevantes das empresas que lideram seus mercados”, aponta Cristina.

O portal traz conteúdo semanal em forma de textos e vídeos, além de disponibilizar ferramentas para Gestão de P&D e realizar cursos na área de Inovação de Alimentos. O Sra Inovadeira é o mais novo parceiro da FISPAL na geração de conteúdo e terá uma coluna mensal  no canal.

Em Jundiaí, o curso Descomplique! Formação em Inovação de Alimentos acontece no Hotel Intercity, nos dias 20 e 21 de agosto, e irá trará metodologias de classe mundial para profissionais que estejam entrando em P&D ou que desejem se reciclar.

O curso tem mais de 50% de prática, e os alunos terão o desafio desenvolver um produto inovador em sala de aula – desde a geração da ideia até a aprovação pelo cliente.

Informações e inscrições podem ser obtidas diretamente em www.srainovadeira.com.br ou através do e-mail contato@srainovadeira.com.br.